Viagem pela Europa
Viagem pela Europa
Viagem pela Europa
Viagem pela Europa
Viagem pela Europa

[ Ver índice do blog ]

 

Terça, 01 de Julho de 2014 - 15h08min

O PRIMEIRO OSSO QUEBRADO A GENTE NUNCA ESQUECE !

[image]
Parodiando uma antiga propaganda de soutien, esse título é verdadeiro, além de doído.

De tanto ler e ouvir falar do Jalapão, no Estado do Tocantins, em 2013 resolvi conhecer esse famoso atrativo, inclusive por estar localizado num dos poucos Estados Brasileiros ainda não percorrido de moto.

Mesmo trincado a fíbula direita num dos vários tombos nas estradas de areia (o que só notei no retorno à Florianópolis, distante 2.500 kms) e danificado seriamente a moto (inadequada às estradas de areia), trata-se de uma região que certamente retornarei, tanto pelas belezas naturais, quanto pela simpatia da sua gente, extremamente acolhedora.

Além disso, cabe lembrar: viagem que termina bem, apesar de ser o que mais queremos, logo, logo esquecemos. As mais difíceis (que alguns chamam de aventura), lembramos para sempre.

É isso !

[ 2 mensagens ] [ Link Permantente ]

Sexta, 20 de Junho de 2014 - 14h32min

[image]
Aproveito este espaço para repassar um belo texto recebido do amigo Dolor, Cacique mór dos Fazedores de Chuva (www.fazedoresdechuva.com), aproveitando para parabenizá-lo pelo trabalho realizado nesses 10 anos.

Evidentemente o texto tem tudo a ver com nosso lema que se resume a "Viaje de avião...de carro...de ônibus...de bicicleta...à pé...viaje ! Se viajar de moto, melhor....!"

Vale a pena ler:

A verdadeira viagem de descoberta não consiste em ver novas paisagens, mas ver com novos olhos".
A frase do escritor francês Marcel Proust ilustra um dos maiores significados de viajar.
Viajar não se resume a visitar locais até então desconhecidos, viajar não é apenas conhecer o outro, é uma viagem para dentro de si mesmo.
Viajar é descobrir-se conhecer-se, aceitar-se. Mas engana-se quem imagina que viajar se resume a introspecção, é uma atividade também destinada ao outro.
Viajar é sinônimo de convivência, de aprendizado acerca do próximo, que às vezes esteve tão distante, de crescer com as semelhanças e com as diferenças.
Viajar é estreitar a relação com o companheiro que senta atrás ou na motocicleta ao lado. É relembrar detalhes da aventura dias, meses ou anos depois.
Viajar é planejar, é discutir roteiro ou hospedagem.
Viajar é esquecer de prazos, tempo e compromissos.
Viajar é lembrar das paisagens, das pessoas, dos amigos.
Viajar, mesmo com bagagens pesadas, torna a vida mais leve.
Viajar é deixar um pouco de si, mas encontrar todo o resto no meio do caminho.

(Karine Wenzel - jornalista)

[ Deixe uma mensagem ] [ Link Permantente ]

Segunda, 26 de Maio de 2014 - 19h53min

GPS EM MOTO

[image]
A grande maioria dos motociclistas viajantes utilizam esse equipamento, porém alguns ainda relutam quanto a isso, o que é compreensível, pois suas facilidades são entendidas como algo que tira um pouco a característica “aventura”. Há 3 ou 4 anos também pensava assim.

O problema é que quem defende sua “não utilização” vê o equipamento apenas como um navegador, o que não é verdade. Um GPS dá inúmeras informações importantes as quais não descaracterizam uma “aventura”, no que pese esse ser um termo subjetivo.

No meu caso, gosto de saber qual a altitude exata de determinada região, onde está o posto ou hotel mais próximo, achar endereço numa grande cidade, quanto falta para o destino do dia e manter informações de velocidade caso rompa o cabo do velocímetro (algo que já aconteceu).

Em viagem para países onde a maioria desconhece o idioma (leia-se Leste Europeu, Rússia, Oriente Médio, China etc.), um GPS facilita localizar um hotel ou posto de abastecimento e, SIM, ser utilizado como navegador, pois nesse caso placa de trânsito praticamente não ajuda o viajante estrangeiro.

Como diz um amigo, em determinadas situações esse equipamento faz toda diferença entre uma viagem com ou sem estresse.

Enfim, se estressar prá quê ?

[ 5 mensagens ] [ Link Permantente ]

Sábado, 10 de Maio de 2014 - 23h50min

MOTO E COPA DO MUNDO

[image]
Que me desculpe os motociclistas ligados em futebol, mas dessa vez não estou dando a mínima para a Copa do Mundo, apesar de acontecer no Brasil.

Se tivesse tempo, durante a Copa pegaria a moto e me mandaria para bem longe, preferentemente onde nem TV pegasse. Tipo assim: Patagônia.

Com tantos problemas (além da roubalheira) não faz o menor sentido todos esses bilhões gastos para realizá-la.

Créditos da imagem: O piloto de moto sul africano Brian Capper, especialista em moto trial, escalando os 550 degraus do Estádio Moses Mabidha - África do Sul (altura 105 mt)

[ 4 mensagens ] [ Link Permantente ]

Quinta, 24 de Abril de 2014 - 23h37min

[image]
Curioso ! Nunca fui dado a números, seja, literalmente, em termos matemáticos, seja em termos comparativos, do tipo, já fiz "n" kms de moto, já fui pra "y" lugares, minha moto custa "x" reais e por aí adiante. Aliás, já escrevi bastante sobre isso, aqui e nos livros publicados.

Mas como estamos no "mundo do Facebook", a tal curtida (que no meu entendimento deveria manter ou ser traduzida observando a palavra original "like"), não deixa de ser um indicativo se o assunto está ou não interessando aos amigos.

Falando nisso, no meu entendimento, amigo é algo super especial. Em sua maioria poderíamos usar a denominação companheiro, colega etc. Mas isso é tema pra outro Post.

Voltando ao assunto, hoje me chamou atenção a página de uma personalidade musical que acompanho. Os "likes" (curtidas) eram na casa dos milhões. Merecidos, é claro !

Coisa de doido !

[ 2 mensagens ] [ Link Permantente ]

«1 2 3 4 5 6 7 8 » XML

[ Ver índice do blog ] [ Login ]